terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Justiça?

Vi agora na televisão uma notícia que me deixou completamente chocada. A notícia não foi de hoje, mas não tinha ouvido falar nela. Ao que parece, um indivíduo ATRASADO MENTAL, padrasto de uma criança de 2 aninhos, torturou a criança e saiu em liberdade com pena suspensa. 

"Nesse dia, o homem desferiu várias pancadas na cabeça da criança bebé e atirou-a contra a parede, o que lhe causou uma fractura craniana.
Além disso, partiu o braço esquerdo à criança, pegou num cigarro e queimou-lhe os olhos, os lábios e os pés, pontapeou-o nas pernas e, com um objecto não identificado, provocou-lhe várias lesões na zona genital." CM 

O juíz concluiu que foi um crime atroz, que causou grande sofrimento na criança e que esta não se podia defender. O homem não mostrou qualquer sentimento de culpa e ainda assim, o juíz alegou que o homem (que tinha já antecedentes criminais) necessitava de reinserção social, deixando-o sair em liberdade. Claro que a reacção dele foi rir-se do sucedido. E agora deixo a questão: onde raio anda a justiça neste país? O que é que é preciso fazer para se ir parar à prisão?

11 comentários:

  1. E eu já disse e torno a dizer: a esse eu tinha-o atropelado com 50 camiões carregadinhos, logo à saida do tribunal... e o "Sr Dr" Juiz, idem.

    Filhos de uma grandessissima p..... -.-'

    ResponderEliminar
  2. Só podem estar a gozar!!!
    O juiz deve ser também um sem coração para o ter colocado em liberdade.

    ResponderEliminar
  3. Aiiii! Também não tinha ouvido essa notícia! Que horror.

    ResponderEliminar
  4. Olá :)
    Primeiro referir que não conhecia a notícia e que estou em choque. Realmente há "coisas" que não são seres humanos, que são apenas animais, sem dó nem piedade.
    Depois há gente nojenta que é capaz de deixar passar estes crimes. Acho que os valores estão tão erradas na nossa sociedade que já não se pode falar de justiça.
    Enfim...
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. A palavra "justiça" em portugal, não existe!

    *

    ResponderEliminar
  6. Não há justiça, simplesmente. Espero que uma nova geração de magistrados revolucione este sistema lento e lacunoso.

    ResponderEliminar
  7. A minha namorada tentou mostrar-me a notícia e esquece, nem consegui ver... Da mesma forma que não consegui ler o excerto que publicaste aqui... Não consigo... Cenas com crianças tocam-me de forma brutal e não consigo perceber como é que há bestas capazes de fazer tanto mal a crianças :(

    ResponderEliminar
  8. O Mundo está perdido.. God!
    É como a outra que matou a filha (do caso Joana) que acho que está prestes a sair da prisão, por bom comportamento, a meio da pena...!

    ResponderEliminar

Queridos pequeniños, todas as respostas aos comentários serão feitas aqui :) Voltem a visitar o cantinho para as ver! Bisou*