domingo, 5 de agosto de 2012

Around The World #2

Veneza
Durante o tempo em que vivi em França, tive tempo para visitar algumas cidades lá pelas redondezas (e outras que não estavam assim tão próximas). Foi o caso de Veneza. Sempre tive o sonho de lá ir e foi em 2009 que pude realizar esse sonho. Esta cidade italiana é conhecida essencialmente pelos seus canais, museus e inúmeros monumentos históricos e inclui, para além da ilha principal, as ilhas de Murano e Burano. Para além disso, a cidade é famosa pelo Festival de Cinema que recebe e pelo Carnaval.
Para chegar a Veneza há agora uma companhia low cost, a Volotea, com voos que partem do Porto e que facilitam em muito as viagens para lá. Na altura, como estava em França (e o aeroporto mais próximo ficava a 180kms), decidimos ir de TGV até Milão e depois de comboio “normal” até Veneza, o que foi uma verdadeira aventura!
Como a estadia não foi prolongada (5 dias já com viagens incluídas), tive oportunidade de visitar apenas alguns dos pontos mais emblemáticos, não havendo muito tempo para entrar em museus, igrejas e outros monumentos (é sempre uma boa desculpa para lá voltar!).

Praça de São Marcos: É a maior praça de Veneza e o principal destino turístico, sendo considerado o centro da cidade. Foi neste local que ocorreram os mais importantes eventos da história da República de Veneza e é um dos locais mais populares de toda a Itália. A Basílica de São Marcos domina a praça, onde se podem também encontrar o Palácio Ducal de Veneza, o Campanário da Basílica, a Torre do Relógio de São Marcos, a Antiga Procuradoria, a Ala Napoleónica, a Nova Procuradoria e a Biblioteca Marciana (a mais importante biblioteca de Veneza, contendo uma das mais ricas colecções de manuscritos do mundo). É nesta praça também que podemos encontrar alguns cafés emblemáticos como o Gran Caffè Quadri e o Caffè Florian. A Praça de São Marcos é o lugar mais baixo de Veneza, e quando a água sobe, é o primeiro sítio a inundar. Para além desta emblemática praça, existem outras praças de menor dimensão em Veneza e que são denominadas de “campos”: Campo Santa Margherita e Campo San Polo.

 
Palácio Ducal: É também conhecido como Palácio do Doge e é um símbolo da cidade, que se encontra situado na Praça de São Marcos. Devido à restrição do tempo, só tive oportunidade de visitar este palácio, mas outros existem em Veneza e que valem a pena ser visitados: Palazzi Barbaro, Ca’ Rezzonico, Ca’ d’Oro, Palácio Contarini del Bovolo e o Palácio Grassi.


Sendo a Itália um grande centro catolicista, não faltam catedrais e igrejas para visitar. Novamente devido ao pouco tempo disponível, visitamos apenas as mais importantes e algumas vimos apenas do exterior. 

Basílica de São Marcos: É a igreja mais famosa de Veneza e está também localizada da Praça de São Marcos, ao lado do Palácio Ducal, sendo a sede da arquidiocese católica romana de Veneza desde 1807. O seu interior é imponente e tem obrigatoriamente de ser visitada numa ida a Veneza.


Basílica de São Pedro de Castello: É considerada a co-catedral da cidade, em conjunto com a Basílica de São Marcos, não se localizando na Praça de São Marcos, mas perto do Arsenal.

Basílica de São Jorge Maior: É uma das basílicas que apenas vi e não visitei e está situada na pequena ilha de San Giorgio Maggiore, frente à Praça de São Marcos.


Igreja do Redentor: É um importante edifício religioso situado na ilha da Giudeca, que nasceu devido à necessidade da população em agradecer a Deus a redenção do mal, depois de uma terrível peste ter passado na região e ter morto mais de um terço da população. Actualmente, é nesta igreja que se celebra a "Festa del Redentore" no terceiro domingo de Julho em memória do perigo passado.


Muitas outras basílicas e igrejas ficaram por visitar, mas que aconselho a visitarem se tiverem a oportunidade: Basílica de Santa Maria Gloriosa dei Frari, Basílica de Santa Maria da Saúde, Basílica de São João e São Paulo, Igreja de São Zacarias, Igreja de Santa Maria dos Milagres, Igreja da Madonna del’Orto, Igreja de Santo Estêvão, Igreja de São Sebastião, Igreja de São Nicolau dei Mendicoli, Igreja de São Roque, Igreja de São Pantaleão e Igreja de São João em Bragora.

Quem fala em Veneza, fala nos seus canais e nas suas pontes. 

Grande Canal: É o maior e mais importante canal da cidade, que forma a maior via de tráfego da cidade. O seu início é perto da estação ferroviária e corta a maior parte da cidade, terminando junto à Basílica de Santa Maria da Saúde, perto da Praça de São Marcos. Para passear pelo canal, pode utilizar-se o meio de transporte público, o Vaporetti, ou podem utilizar-se as gôndolas. As últimas são utilizadas maioritariamente por turistas, mas também são utilizadas em casamentos, funerais ou outras cerimónias. Eu andei de gôndola, mas como eramos muitos (excedíamos o número máximo de passageiros permitido), o gondoleiro aceitou levar-nos, mas andamos apenas pelos canais secundários (não fosse a polícia aparecer e o senhor levar uma multa). 


Ponte de Rialto: É a ponte mais antiga e mais famosa sobre o Grande Canal. Até serem construídas as restantes pontes, esta era a única ligação permanente entre os dois lados do Grande Canal. Actualmente, são quatro as pontes que fazem esta ligação: a já referida e mais três – Ponte dos Descalços, Ponte da Constituição e Ponte da Academia. A Ponte dos Descalços é também conhecida como Ponte da Estação ou Ponte da Ferrovia por se encontrar muito próxima à estação ferroviária de Santa Lúcia.


Ponte dos suspiros: É uma ponte característica da cidade,  situada perto da Praça de São Marcos e que liga o Palácio Ducal às “Prigioni Nove”, o primeiro edifício no mundo construído para ser uma prisão. A ponte servia de passagem aos prisioneiros que eram levados a julgamento e o nome foi-lhe atribuído porque, segundo a lenda, os prisioneiros ao atravessá-la, suspiravam na ocasião de ver pela última vez o mundo externo.



Ainda ficou muito por ver nesta cidade maravilhosa, por isso, tenho de lá voltar para ver todas as igrejas, basílicas, museus, pontes e canais que ficaram por ver. Se tiverem oportunidade, visitem Veneza porque é mesmo uma cidade de sonho!

25 comentários:

  1. Uma cidade linda que ficou no meu coração:))) adorei !!

    Http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. eheheh ... ohhhhhhh adorava ir a veneza.. quem sabe para o ano XD ehheheh beijinho*********

    ResponderEliminar
  3. Eu adorava ir a Veneza, é tudo tão lindo! Não conhecia essa companhia aérea.. tenho de ir ver.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Estive à procura e encontrei uns a preços razoaveis e com a mesma memória do meu pc. Não é nada mau :)

    ResponderEliminar
  5. Já fui a Veneza mas era bastante nova por isso esqueci algumas coisas.. Mas há sempre boas recordações que ficam de uma cidade maravilhosa :)

    ResponderEliminar
  6. Visitei Veneza este ano e adorei, estou cheia de vontade de voltar :)

    ResponderEliminar
  7. Deve ser um sitio realmente encantador, espero um dia visitar :):)


    Beijinho*

    ResponderEliminar
  8. Fiquei ainda mais curiosa para conhecer!;) beijinhos e obrigada pelo roteiro!=)*

    ResponderEliminar
  9. Não é cidade que me encante.. o meu maior sonho é NY :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NY também é o meu sonho, mas esse é mais complicado! É preciso mais dinheiro do que para Veneza ;)

      Eliminar
    2. O meu grande sonho é também NY, mas ainda sou nova, tenho todos os meus sonhos por concretizar...
      Mas gosto também de Veneza, uma coisa que eu tenho curiosidade é sobre a água, é muito poluída?

      Eliminar
    3. A água em Veneza tem alguma poluição por causa de todos os barcos que lá passam todos os dias, mas lixo a boiar na água não se vê. Até me diziam antes de ir que aquilo cheirava mal com o calor, mas eu fui lá no Verão, estava mesmo muito calor e não cheirava nada mal.

      Eliminar
    4. Hum, obrigada pelo esclarecimento :)

      Eliminar
  10. adorava ir ai. deve ser mesmo bem gira ;D
    beijnho

    ResponderEliminar
  11. Estudei seis meses em Itália, quando fiz Erasmus...mas confesso, mais do que Veneza (que achei lindíssima), encantou-me Florença! Florença é para mim a cidade mais bonita do mundo, das que visitei até hoje!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já me falaram muito bem de Florença. Tenho de visitar também! Não tive oportunidade, mas hei-de lá ir :)

      Eliminar
  12. Veneza está cada vez mais no topo da minha lista de destinos :)

    ResponderEliminar
  13. que belo destino! fiquei com vontade de lá ir

    ResponderEliminar
  14. Olá, parabéns pelo seu blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar
  15. Olá, parabéns pelo seu blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar
  16. Adorei Veneza e quero mt lá voltar. Muito bom o post. Bjs

    http://trendy-twins.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  17. Este post está lindoo! Também adoraria visitar Veneza, é outro dos países que consta na minha lista 'quase' infinita de viagens a realizar, haha! :b
    E parece que é caso para dizer: que venham muitas mais viagens e piqueniques aqui para a Wendy e para a Pequeniña poderem disfrutar com as pessoas que lhes são + queridas :')

    ResponderEliminar
  18. Lindo, eu também gostava de ir lá um dia! :)

    ResponderEliminar
  19. Obrigada pelas dicas =) Agora fiquei duplamente invejosa...primeiro porque morar em França deve ser qualquer coisa e depois porque Veneza está na minha dreamlist há muito tempo...é uma cidade lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. =D

    ResponderEliminar

Queridos pequeniños, todas as respostas aos comentários serão feitas aqui :) Voltem a visitar o cantinho para as ver! Bisou*